Cinco filmes de super-heróis que nunca chegaram ao cinema

Ideias delirantes e genialidades que jamais veremos

Houve um tempo em que os super-heróis não eram uma aposta segura em Hollywood e as adaptações dos quadrinhos eram canceladas por problemas legais ou pela incapacidade dos estúdios de realizarem as superproduções que o universo exige. Agora, tudo parece maravilhoso no Universo Expandido da DC Comics (DCEU) e no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), e achamos o momento ideal para relembrar alguns projetos que ficaram no caminho. Importante: veja a nossa galeria de imagens com os esboços e os testes de figurinos para conferir o que perdemos.

"Batman: Year One" de Darren Aronofsky
Após as críticas a "Batman e Robin" (Batman & Robin), o estúdio decidiu mudar o rumo e apostar numa adaptação de "Ano Um". O roteiro ficou a cargo de Frank Miller (criador do quadrinho) e o diretor de "Réquiem para um Sonho" (Requiem for a Dream), mas tudo terminou sendo cancelado. Os motivos? Eles se distanciaram tanto da ideia original que transformaram o mascarado num indigente e Alfred num mecânico de carros. É sério.

"Spider-Man" de James Cameron
Depois do sucesso de T-800, o diretor achou que com o Homem-Aranha poderia usar suas obsessões visuais. Cameron escreveu um roteiro em que Peter tinha uma relação (muito) intensa com Mary Jane e os vilões eram Electro e Sandman. Apesar do entusiasmo do diretor, problemas com os direitos do personagem o afastou do projeto e ele terminou se dedicando ao "Titanic".

"Superman Lives" de Tim Burton
Nos anos 90, "Batman" conquistou a bilheteria e a Warner Bros. tentou fazer com que o Homem de Aço seguisse os mesmos passos. O projeto ficou a cargo do produtor Jon Peters, que exigiu dos roteiristas incluírem um robô como amigo do Homem de Aço, ursos polares e aranhas gigantes. Esses delírios impediram que o filme avançasse e, depois de um investimento de 30 milhões de dólares em vão, o estúdio preferiu cancelar o projeto. Já viram Nic Cage vestindo o traje?

"X-Men Origins: Magneto" de David S. Goyer
Após a primeira trilogia mutante, o 20th Century Fox achou que a melhor maneira de estender a franquia era produzindo filmes solos com seus personagens principais. O plano foi por água abaixo devido à má aceitação de "X-Men: Origens – Wolverine" (X-Men Origins: Wolverine) e o estúdio cancelou o projeto que tinha Magneto como personagem principal. Mesmo assim, muitas dessas ideias foram usadas em "X-Men: Primeira Classe" (X: First Class).

"Wonder Woman" de Joss Whedon
O criador de "Buffy, a Caça-Vampiros" (Buffy the Vampire Slayer) a frente da história da heroína número um da DC Comics era algo bom demais pra ser verdade. No entanto, depois de anos de trabalho intenso, Joss ficou sabendo que o estúdio tinha substituído seu roteiro por um que exigia uma produção mais barata e não usaria a maioria das suas ideias. Diante disto, o diretor abandonou o projeto e começou a trabalhar em "The Avengers".

Não perca nosso especial Vilões, Heróis e Super-Heróis a partir de sábado, segunda-feira, 19 de setembro!

PUBLICIDADE

Saiu o título oficial e uma nova foto de "Men in Black"

De volta à ação

"The Toxic Avenger" anuncia o remake

Um clássico de cara nova

A DC prepara um filme do "Plastic Man"

Um herói diferente