Bill Skarsgard contou que teve pesadelos após as filmagens de “It: A Coisa”

A maldição do palhaço assassino

A nova versão de "It: A Coisa" foi comemorada pelos críticos e pelos fãs, apesar do carinho de todos pela excelente interpretação do ator Tim Curry no papel de Pennywise na minissérie do anos noventa. O trabalho de Bill Skarsgard mereceu destaque, até mesmo da equipe de produção que se surpreeendia todos os dias com o trabalho do ator, tanto em cena como fora do set. Mas parece que tudo tem um preço.

Em entrevista ao Entertainment Weekly, o ator contou que sempre tenta fazer com que seu trabalho seja o mesmo fiel possível à verdade. Mas no caso deste filme foi uma relação que ultrassapou limites. Depois que as filmagens terminaram e o ator voltou para a Suécia, o personagem  Pennywise ainda estava com ele. "Estava em casa, as filmagens já tinham acabado  e eu comecei a ter sonhos estranhos e reais com Pennywise. Todas as noites ele vinha me visitar. Às vezes, sentia que tinha que encará-lo, como uma entidade que não era eu, e outras vezes eu era o próprio Pennywise, em circunstâncias que não me agradavam.Por exemplo: Eu era Pennywise, estava bravo porque todo mundo em minha volta olhava pra mim", disse o ator.

Em breve, ele estará de volta ao set na pele do palhaço assassino, mas admitiu que está dividido: "É desencorajador, mesmo assim é emocionante poder voltar ao papel". O segundo episódio da história chegará aos cinemas dos EUA no dia 6 de setembro de 2019.

PUBLICIDADE

Bill Skarsgard contou que teve pesadelos após as filmagens de “It: A Coisa”

A maldição do palhaço assassino

Christian Bale se arrepende de ter feito "O Exterminador do Futuro: A Salvação"

John Connor não olhou para trás

“Slender Man” lança uma nova polêmica

A estreia em perigo